sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Fim de viagem: Praia do Forte, BA

Comp@nheiros virtu@is de vi@gem,

não tem jeito, elas sempre acabam, as férias. Hoje é dia de voltar pra casa e trazer na mala além de roupa suja e lembranças locais, muitas saudades das férias que foram perfeitas.

Se você está pensando em férias, família, crianças, descanso e verão, recomendo fortemente Praia do Forte como destino.

Certamente, eu voltarei!

Aguardem o relato detalhado desta maravilhosa viagem.

Praia do Forte, BA – Dia 5 – O Retorno

Praia do Forte (25-30/12)
Dia 5 (sexta, 30 de dezembro de 2011) – Lagoa de Timeantube e VOLTA PRA CASA
Resumo Informativo de Viagem
Álbum de Fotos Praia do Forte, BA
Que pena, a viagem acabou! Nosso vôo de volta foi no fim da tarde; saímos de Praia do Forte logo após o almoço e a viagem até o aeroporto em Salvador levou menos de 1h. Eu contratei o serviço de translado (aeroporto-hotel-aeroporto) com o próprio hotel, e o serviço foi excelente. Viajamos de volta pela GOL, e o atendimento preferencial (porque estou grávida) foi ótimo! Fiquei muito satisfeita e me senti segura viajando com esta empresa aérea.
Pela manhã, arrumamos a mala e aproveitamos para andar mais um pouco pelas ruas de Praia do Forte, indo até a Lagoa de Timeantube. Esse passeio nos deixou relaxados e com uma verdadeira sensação de fim de viagem.
 
Lagoa Timeantube.PraiaDoForte-486
Lagoa Timeantube.
Lagoa Timeantube.

Almoçamos novamente no Restaurante Sabor da Vila e tomamos nosso último sorvete de Tapioca. Chegou a hora; hora de partir, de voltar pra casa, com gostinho de quero mais.

Para essa viagem eu tinha preparado uma programação mais variada, mas os 7 meses de gestação me deixou bem preguiçosa, por isso não fiz tudo o que planejei. Eis os pontos que faltaram no meu roteiro e gostaria de ter feito, e recomendo:
  • Visitar o Instituto Baleia Jubarte: os passeios em alto mar para contemplação dessa espécie, acontece entre os meses de Julho e Outubro; mas visitar o Instituto seria bem legal;
  • Visitar o Castelo Garcia D’Ávila: um dos principais monumentos do patrimônio histórico e cultural brasileiro, por ser considerado a primeira grande edificação portuguesa no Brasil. Em 1835, o castelo foi abandonado e tornou-se uma grande ruína, tombado pelo Iphan;
  • Visitar a Capela de São Pedro dos Rates: parte mais antiga da edificação do Castelo Garcia D’Ávila.
  • Brincar na Tirolesa: para quem gosta de altura e adrenalina.

[Álbum de Fotos] Praia do Forte, BA

Desfrute das fotos dessa divertida e ansiosa viagem de férias à Praia do Forte, BA.

Praia do Forte, BA

Álbum de fotos de Praia do Forte, BA

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Praia do Forte, BA – Dia 4

Praia do Forte (25-30/12)
Dia 4 (quinta, 29 de dezembro de 2011) – Imbassaí (Praia de Areinha e passeio pelo Rio Imbassaí)

Resumo Informativo de Viagem

Álbum de Fotos Praia do Forte, BA

Hoje, nosso dia foi totalmente diferente dos dias anteriores. Primeiro, passamos o dia na companhia de pessoas muito agradáveis e especiais; segundo, conhecemos Imbassaí, famosa por seus cordões de dunas e linha de coqueiral paralela ao mar.

Adoro viajar e encontrar com amigos durante a viagem. Dessa vez, encontrei com minha grande amiga Lorena que mora na Bahia. Ela nos levou para passar o dia em Imbassaí e preparou um saboroso almoço caseiro (já estava sentindo falta disso) típico baiano: vatapá, caruru e moqueca.

O passeio foi bem divertido, pois navegamos de barco pelo Rio Imbassaí, cercado por dunas e coqueiros, até chegarmos à Praia de Areinha, um poço raso e calmo, de água doce e morna, ideal para banho. É nesta parte da praia que o rio encontra o mar. Lá, sentamos em mesas e cadeiras colocadas dentro da água e passamos um dia agradável, petiscando e conversando.

Barco que navega no Rio Imbassaí levando e trazendo as pessoas…

Bora navegar de volta?

 

Enquanto navegamos pelo rio, desfrutamos de belas paisagens à sua margem…

Navegando pelo rio Imbassaí, para chegar até a praia (onde o rio encontra o mar)PraiaDoForteDia4-017Navegando pelo rio...

 

Navegamos pelo rio até chegar à Praia de Areinha…

Praia de Areinha

Praia de Areinha...

 

O rio é tão tranquilo que as mesas e cadeiras dos bares ficam dentro da água para as pessoas descansarem e se divertirem, comerem e beberem. Eu, comi um acarajé, claro! Alegre

Mais acarajé!!!

 

Mergulhar no rio foi uma experiência inesquecível…

Tomando banho no rio Imbassaí. DELICIOSO!! Banho delicioso para quem está grávida.

 

Depois de um dia relaxante em praia de água doce e com amigos para sempre, voltamos para o hotel.

Fim do dia com os amigos em Imbassaí. Leo e Rodolfo.Fim do dia com os amigos em Imbassaí. Bela, Mel, Enzo e Lorena.

 

Hoje é dia de arrumar as malas, amanhã voltamos pra casa. Ah, que pena! A viagem acabou… Smiley triste

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Praia do Forte, BA – Dia 3

Praia do Forte (25-30/12)
Dia 3 (quarta, 28 de dezembro de 2011) – Só deu praia (Aquário)

Resumo Informativo de Viagem

Álbum de Fotos Praia do Forte, BA

Hoje o dia foi uma repetição dos dias anteriores: acordar sem despertador, ir à praia caminhando, comer comida gostosa, dormir à tarde, ficar na piscina do hotel… Alegre Isso sim é que são férias!

Ao contrário dos outros dias, hoje ficamos mais tempo na praia, pois nos propomos a fazer lanchinhos rápidos (e calóricos, claro!) antes do almoço. Bem, não posso dizer que meu lanchinho foi um lanchinho e sim um “lanchão”, pois comi um Acarajé completo (rsrs). Que delícia! Amo Acarajé!

Vendedor autorizado na praia.

Hora do Lanchinho...

 

Bem alimentados, duramos mais tempo na praia (esse é o segredo!). Depois, saímos em busca de um lugar para almoçar e nem nos preocupamos se ia demorar; e não é que o restaurante que escolhemos, além da comida ser farta, veio rápido? Eu comi uma moqueca de siri catado bem gostosa!

Moqueca de Siri Catado, Restaurante Sabor da Vila, Praia do Forte, BA, Dezembro 2011

 

Depois de tanta comilança, nos restou dormir quase a tarde inteira (rs), e depois curtir a piscina no hotel.

De sobremesa do jantar, parada obrigatória na Sorveteria da “Ribeira” que fica aqui em Praia do Forte, para degustar um de-li-ci-o-so sorvete de Tapioca.

Sorvete de novo... e sempre o mesmo sabor: Tapioca

Ufa, ufa, boa noite!

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Praia do Forte, BA – Dia 2

Praia do Forte (25-30/12)
Dia 2 (terça, 27 de dezembro de 2011) – Só deu praia (Papa Gente) e visita ao Projeto Tamar.

Resumo Informativo de Viagem

Álbum de Fotos Praia do Forte, BA

Mais um dia sem despertador, que maravilha!

Apesar da falta do despertador, meu relógio biológico me acorda relativamente cedo, em especial durante as viagens, pois fico ansiosa em curtir tudo. Ao olhar pela janela, vi que o dia estava nublado, totalmente diferente do céu azul e ensolarado de ontem. Apesar disso, não estava frio; na verdade, acho que é até melhor para ir à praia. Tomamos café, pesquisamos a hora da maré baixa (que ia ser mais tarde que ontem) e saímos caminhando para a praia, dessa vez Papa Gente.

Segundo dia de praia, com céu parcialmente nublado

 

A praça São Francisco, em frente à Praia do Porto, é passagem quase que obrigatória em qualquer caminhada/passeio feito por aqui. Nesta praça, está a Capela de São Francisco de Assis, que foi construída por pescadores no ano de 1900; em seu altar estão os santos São Francisco de Assis, São Benedito e Nossa Senhora da Conceição. Como esta Capela é considerada cartão postal de Praia do Forte por causa da sua localização, ela sempre está rodeada de pessoas, atrapalhando um pouco na hora de tirar foto. Mas eu consegui uma bem legal na hora que estava indo pra praia. Smiley piscando (*)

 

Igreja de São Francisco

(*) Não encontrei a Capela aberta em nenhum momento do dia, por isso não tive a oportunidade de vê-la por dentro.

 

Caminhando em direção à Praia Papa Gente.

Caminhando em direção à Praia Papa Gente.

 

O que achei interessante aqui em Praia do Forte é a preocupação com a preservação do Meio Ambiente e a prática do que está no papel. Eles de fato fazem o que falam. Ao longo da praia, existem vários ninhos de tartaruga marinha, e eu tive a chance de ver a localização de um. Isso me deixou ainda mais ansiosa pela visita ao Projeto Tamar.

Achamos um ninho de tartaruga!!

 

Na praia, curtimos bastante as piscinas naturais e mais uma vez, a principal brincadeira foi mergulhar. Anabela ADOROU! Realmente, a criançada se diverte com isso. Eles ficam horas entretidos embaixo da água.

Mais mergulho nas piscinas naturais, hoje em Papa Gente.

 

Enquanto eu estava sentada de pernas pro ar, descansando e curtindo as férias, olha o que eu encontrei e aprendi: como se tira os côcos dos coqueiros. Que trabalho!!!

Processo de retirada de côco dos coqueiros para serem vendidos.

 

Hoje fizemos diferente do que fizemos ontem (viva a experiência), e antes de ficarmos esfomeados em busca de almoço, saímos da praia aintes disso acontecer, pois a caminhada de volta pro Centro, com a minha barriga atual, era lenta e longa. Por causa disso, demos sorte no almoço e escolhemos um restaurante bem legal na Praça de São Francisco. O atendimento era muito bom, a comida bem servida e principalmente, saborosíssima. Recomendo! (**)

Peixe Assado, Barraca Praia do Forte, Praia do Forte, BA, Dezembro 2011

(**) Endereço e detalhes do restaurante na postagem de Resumo Informativo.

 

No final da tarde, fomos conhecer o Projeto Tamar-Ibama. SENSACIONAL! E por acaso, hoje tinha abertura de ninhos e soltura de filhotes no mar. Inesquecível!

Projeto Tamar É tempo de desova!

 

O Projeto Tamar-Ibama representa o maior sítio reprodutivo de tartaruga marinha (cabeçuda) no Brasil. Dos sete tipos de tartarugas marinhas existentes no mundo, quatro põem seus ovos nas Praias de Papa Gente, e isso acontece há milhares de anos. A estrutura do Projeto é digna de primeiro mundo, os tanques são lindos e as tartarugas bem cuidadas; é uma visita muito legal e educativa e não pode faltar nesta viagem, principalmente para quem tem filhos. Recomendo fortemente!

Olá!Linda! Olha o acabamento do casco na traseira.Olá tartaruga marinha linda! Que simpática!

 

Após a visita-guiada pelo Projeto, paramos para ver a abertura de ninhos e a soltura dos filhotes no mar. Tivemos a oportunidade de ver bem de pertinho um filhote, e como é um ser tão delicado! Meu coração ficou apertado de pensar em todos eles encarando o oceano (a gravidez está me deixando mais sensível que o normal).

Um dos filhotes é trazido para bem pertinho de nós, e podemos tocá-los delicadamente. A mão do meio é da Belinha!

 

Depois da abertura, os visitantes foram reunidos na praia para acompanhar a soltura deles no mar. Tem o momento certo de libertá-los e não podemos ajudá-los, eles têm que aprender sozinhos a direção certa (só o funcionário pode fazer isso). Nossa, é lindo! A Natureza é perfeita, não?

É hora da soltura dos filhotes no mar!É hora da soltura dos filhotes no mar!Os filhotes andam em direção a água...

Lá vão elas, nadando, rumo ao oceano!Lá vão elas, nadando, rumo ao oceano!Ajudando as tartarugas que voltaram para a areia.

 

Encerramos a noite no Bar do Souza, falando sobre nosso divertido dia em família e curtindo uma boa música ao vivo.

Hora do Jantar!

Notícias de Praia do Forte, BA

Comp@nheiros virtu@is de vi@gem,

Férias com sol, praia, boa comida, amor e família não tem igual, são perfeitas!

Ontem visitamos a parte da praia chamada Aquário e hoje Papa Gente e Lord. Em todas elas prevalecem as piscinas naturais e muitos peixes, sendo difícil abandonar as águas claras para sentar embaixo do guarda-sol, motivo pelo qual há muitos turistas bem vermelhos do sol.

Hoje o dia foi ameaçado por nuvens, mas o sol resistiu e ele surgiu para esquentar as areias e nós, claro; o filtro solar não pode faltar e deve ser renovado a cada banho.

Ao contrário de ontem, nosso almoço de hoje foi maravilhoso e voltamos para o hotel rolando, por isso nosso sorvete ficou pra mais tarde, quando formos visitar o Projeto Tamar. A Anabela está ansiosa com esta visita.

Até mais!

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Praia do Forte, BA – Dia 1

Praia do Forte (25-30/12)
Dia 1 (segunda, 26 de dezembro de 2011) – Só deu praia (Aquário)

Resumo Informativo de Viagem

Álbum de Fotos Praia do Forte, BA

Como esta é uma viagem exclusivamente de férias para fins de descanso, não usamos o despertador para acordar. Levantamos às 8h e o sol já brilhava forte, tendo como pano de fundo um límpido céu azul. Esfomeados, tomamos o café da manhã no hotel, que era farto e saboroso, num agradável ambiente, limpo e arejado – volta e meia os passarinhos se aproximavam das mesas.

Após o café, fomos andando para a praia – aqui em Praia do Forte faz-se tudo a pé, não precisa de carro pra nada; a caminhada foi providencial para o meu inchaço de gravidez (e para as calorias baianas que serão ingeridas).

Caminhando pela praia em direção ao Aquário, onde estão as piscinas naturais formadas entre os corais durante a maré baixa.   Companheiro de caminhada... quando tentamos nos aproximar... ele foge no sentido oposto.

 

Chegamos na praia exatamente na maré baixa, por volta de 10:30h (*), e acho que já foi bem tarde para o nosso tipo de pele. Por isso aproveitamos pouco o sol, e o pouco que aproveitamos foi suficiente para queimar o único lugar que não passei o filtro solar: o pé! Agora os pés estão inchados e vermelhos (rs) (**).

   Águas claras e mornas, tem banho de mar melhor do que esse?

 

(*) Só é possível tirar proveito das piscinas naturais da praia quando a maré está baixa, por isso é preciso saber que horas ela baixa. Se chegar com ela cheia, não dá para aproveitar muito, por causa das ondas e corais. A dica é perguntar no hotel os horários da maré baixa.

(**) Cuidado com a brisa e a água morninha que nos engana enquanto o sol está queimando a pele. Passe o filtro solar antes de chegar na praia, para que ele seja mais eficiente. Depois, a cada mergulho, repita o filtro solar. Todo cuidado é pouco, pois como se chega na praia um pouco tarde esperando a maré baixar, a gente esquece que não é tão cedo assim. E embaixo da água, o sol queima sim!

Ficamos na parte da praia chamada Aquário, logo após o Projeto Tamar. Lá, tivemos a experiência de mergulhar em piscinas naturais formadas entre os corais durante a maré baixa. Nesta parte da praia, a estrutura é mediana, onde contamos com cadeiras, guarda-sol e bebidas. É proibida a venda de comida, para conservação e limpeza da praia(eu achei ótimo!), e apenas pessoas autorizadas pela prefeitura circulam pela praia vendendo algum tipo de alimento (picolé, queijo, empada, etc.) (***).

Na praia, na parte do Aquário, estrutura mediana: cadeiras, guarda-sol e bebidas. A venda de comida é proibida, e apenas "ambulantes" autorizados pela prefeitura passam vendendo queijs, picolés, empadas...

 

(***) Se quiser ficar mais tempo na praia e aproveitar o dia com mais tranquilidade em relação à fome, é recomendável levar frutas, sanduíches e biscoitos.

No primeiro sintoma de fome - o que não deveria ter acontecido - fomos embora da praia em busca de um lugar para almoçar; tivemos que voltar para o Centro de Praia do Forte. Nosso primeiro almoço foi um fiasco! Além de sermos mal atendidos, a comida demorou mais de uma hora, não era bem servida (como dizia o cardápio) nem saborosa. Não recomendo o restaurante Casa da Nati!

Que peixe pra dois que serve três é esse? :-\

 

Depois do almoço, voltamos para o hotel e descansamos à beira da piscina enquanto Bela brincava.

No fim do dia, passeamos pelo Centro, fizemos umas comprinhas e jantamos. Eu comi um acarajé completo em uma das várias barraquinhas existentes na avenida principal, e o Leo e Bela comeram pastel e sanduíche no It´s Lanches. Os pasteis são DE-LI-CI-O-SOS! Recomendo!

A família

Nossa, praia cansa né? Vamos dormir?

domingo, 25 de dezembro de 2011

Praia do Forte, BA – Chegada

Praia do Forte (25-30/12)
Dia 0 (domingo, 25 de dezembro de 2011) – Chegada

Resumo Informativo de Viagem

Álbum de Fotos Praia do Forte, BA

 

Chegamos no aeroporto duas horas antes do embarque, pois não conseguimos reservar assentos juntos nem os preferenciais - íamos tentar fazer isso na hora. Viajamos pela TAM e o serviço deixou muito a desejar (comparado com a GOL, empresa que voltamos – em breve, relato a respeito). Conseguimos sentar todos juntos mas na penúltima fileira! Ninguém se importou com a minha gestação no curso do 7º mês e simplesmente ignoraram meu atestado médico com permissão para viajar – disseram que não era preciso.

No aeroporto, ansiosas por viajar No aeroporto, ansiosas por viajar

Fomos recebidos em Salvador por um lindo e alaranjado pôr do sol. O translado que contratamos já estava nos esperando. A viagem até Praia do Forte foi tranquila e durou quase 1 hora. Fomos bem recepcionados no hotel pela Eliane. O hotel era bem confortável e limpo, e bem localizado (acho que qualquer lugar por ali é bem localizado – dá pra fazer tudo andando!).

Depois que nos acomodamos no hotel, saímos para jantar. Por causa do cansaço não perdemos tempo procurando lugar para comer, fomos logo atrás de uma pizza (rs). Jantamos no 7 Pizzas, uma pizzaria paulista, com sabores diferentes de pizza e massa super macia (não era grossa!). Bom atendimento e ambiente agradável.

Tem alguém com fome aí? O Leozinho está com fome...

... e eu também!

 

Alimentados, voltamos para o hotel ansiosos pelo dia de amanhã, aí sim, podemos dizer, que a viagem vai começar!