terça-feira, 7 de junho de 2011

Cruzeiro e Mykonos, Grécia – Dias 8 e 9

Cruzeiro (04-11/06)
Dia 8  (segunda-feira, 06 de junho de 2011) – Navegação
Dia 9 (terça-feira, 07 de junho de 2011) – Mykonos, Grécia

Resumo informativo da viagem (todos os detalhes de hóteis, transportes, restaurantes, como circular, e etc.)

Álbum de fotos do Cruzeiro (da Lua de Mel)

Álbum de fotos de Mykonos (da Lua de Mel)

 

Dia 8. Não tenho nada empolgante a contar sobre o nosso dia de navegação. Simplesmente entediante! Dormi e comi o dia inteiro, e claro, me senti culpada por comer tanto (rs). Aproveitei para ler os meus guias e planejar nossas próximas excursões. Demorou, mas o dia acabou!

Dia entediante esse o de só navegação... nada pra fazer!

 

Dia 9. No que diz respeito à tempo, hoje foi o melhor dia do cruzeiro, pois ficamos em Mykonos o dia inteiro, o que nos deu tempo de sobra para explorar a região. O Navio chegou às 9:30h e partiu às 23h.

Mykonos faz parte do grupo de ilhas Cíclades, que significa círculo, porque elas ficam ao redor da ilha sagrada de Delos.

Quando chegamos à Mikonos, eu e Leo estávamos prontos para sair do navio, e foi uma sensação maravilhosa avistar terrar firme. De longe, percebemos o quão diferente era esse lugar, desde a construção à sua geografia. A ilha é muito árida, rochosa e seca, e sua arquitetura bem peculiar: as casas são todas brancas, em forma de cubos, com janelas e portas pintadas de azuis ou vermelhas.

São características marcantes de Mykonos: casas brancas, ruas estreitas, igrejas de domo azul, moinhos e praias deslubrantes.    A maioria das Cíclades é rochosa e árida, e Mykonos é uma dessas ilhas com tais características.

Um pouco mais da geografia e arquitetura desta charmosa ilha grega...    Moinhos de Mykonos

 

Em Mykonos não tem porto, então o navio ficou ancorado nas proximidades. Para ir até a ilha, utilizamos um barco (do próprio cruzeiro).

É hora de explorar Mykonos. Nesta ilha não tem porto; o navio ancorou nas proximidades e fomos de barco até terra firme.

 

A nossa excursão era na parte da tarde, e escolhemos o passeio “Mykonos Jeep Safari”. Durante a manhã, aproveitamos o nosso tempo livre para explorar o centro de Mykonos. Começamos pela Igreja Panagía Paraportianí, no Kástro, a igreja mais famosa da ilha. Esta igreja foi erguida no local de um portão (parapórti) do forte medieval e é composta por quatro capelas no andar térreo e outra no andar de cima. O seu interior estava fechado para visitação. Mais tarde descobrimos porque quase todas as igrejas estavam fechadas: a maioria é particular, ou seja, pertencem à famílias. Isso aí, por aqui cada família tem a sua igreja e são cerca de 1200 por toda a ilha. São igrejas Ortodoxas.

Igreja Panagía Paraportianí     Igreja Panagía Paraportianí

 

Continuamos nosso passeio pelas ruelas que mais parecem um labirinto de ruas – foi construído assim para desafiar o vento e o ataque de piratas – indo até Venetía (ou Pequena Veneza), passando pela Catedral Ortodoxa de Panagía Pigadiótissa, até chegarmos aos moinhos de vento. Venetía tem esse nome pois suas casas são construídas sobre as águas do mar (tal como Veneza) e os moinhos antigamente eram utilizados para moer trigo. Pelo mesmo motivo das igrejas, o interior dos moinhos não estava aberto à visitação, pois também são privados.

O nome Pequena Veneza se dá por causa das casas construídas sobre o mar, um pouco como ocorre sobre a lagoa veneziana.     Catedral Ortodoxa de Panagía Pigadiótissa

Os moinhos de vento, muito utilizados para moer trigo.     De Venetía avistamos os moinhos.

 

Um pouco das ruelas adoráveis de Mykonos, tudo branquinho e florido! Uma graça! O que também impressiona por aqui é o grande número de lojinhas vendendo coisas, mas isso é justificável pois a ilha vive do turismo.

Por aqui é tudo assim, como se fosse um labirinto de ruelas estreitas com casas brancas, para desafiar o vento e o ataque de piratas.   As entradas das casas se confundem nas ruas...   Apesar da aridez da região, existem muitas flores de cor viva...   E quase tudo (portas, janelas e escadas) é pintado de azul.

 

Para fechar a manhã com chave de ouro, um delicioso sanduíche de queijo feta pro almoço!

Que sanduíche delicioso!

 

Chegou a hora da nossa tão esperada excursão vespertina, explorar a ilha de Mykonos de Jipe!

Nossa tão esperada excursão de Jipe por Mykonos.     Vamos explorar a ilha?

 

Começamos nosso passeio subindo até o farol, pela costa da praia de Houlakia. A vista era impressionte! Nunca tinha visto mar tão azul.

Subindo a costa da Praia Houlakia...   Chegamos ao Farol! E que vista!   O Farol de Mykonos

 

Do Farol seguimos para a região de Ano Mera, uma aldeia no interior. Lá, visitamos as ruínas de um antigo castelo veneziano no Paleokastro e o Monastério Panagia Tourliani, fundado no século 16 e dedicado à protetora da ilha.

Igreja do Paleokastro   Ruínas de um antigo castelo veneziano.   Monastério Panagia Tourliani em Ano Mera. Sua torre de mármore, foi esculpida por artesãos de Tínos.

 

Por último, conhecemos a Praia Agrari, cuja proposta era mergulhar, mas a água era muito gelada por isso apenas molhei meus pés, só para não dizer que não me banhei em mar grego :-). O Leo foi corajoso!

Mas ele é um menino muito corajoso, vai enfrentar a água fria!   Dá mesmo vontade de mergulhar...   Para não dizer que não me banhei em águas gregas, molhei o pé!

 

Nossa última parada foi num mirante, para deslumbrarmos uma vista panorâmica de Mykonos.

Vista panorâmica de Mykonos

 

O passeio foi muito divertido e que belas paisagens desfrutamos. Apesar de toda a ilha ser rochosa e árida, vimos muita vegetação verde e flores. O vento aqui sopra forte e sem parar. E a cor do mar? Espetacular! Pena que a água é muito gelada. O sol hoje queimou bem e a umidade estava baixa, 60%. E antes de partir, tivemos a chance de ver um Pétros, o pelicano mascote da ilha! Nosso jantar foi em Mykonos, comemos Gyros.

Ele nem se incomodou conosco e continuou dormindo, no meio da rua! Lindo!

 

E assim acabou nosso nono dia de lua de mel, na Grécia, sem fome :o) e apaixonados, claro!

2 comentários: