sexta-feira, 3 de junho de 2011

Veneza, Itália – Dia 5

Itália (02-04/06)
Dia 5  (sexta-feira, 03 de junho de 2011) – Andança pelos bairros: Cannaregio, Castello, San Marco, Santa Croce; passeio de gôndola; e visita à Basílica di San Marco, Palazzo Ducale, Campanário.

Resumo informativo da viagem (todos os detalhes de hóteis, transportes, restaurantes, como circular, e etc.)

Álbum de fotos de Veneza (da Lua de Mel)

 

Colocamos o despertador para tocar às 8h, mas fomos acordados bem antes disso com muito barulho vindo da portaria do hotel. Nosso quarto localizava-se na parte da frente do hotel. Continuamos na cama mais por preguiça do que por sono. Cansados de ouvir o barulho da portaria, nos levantamos, tomamos o café (bem simples) no próprio hotel e saímos para explorar Veneza. Nossa prioridade era visitar os edifícios da Piazza San Marco (Basílica, Palazzo Ducale e Campanário), fazer nosso passeio de gôndola e explorar Veneza aleatoriamente com o tempo que sobrasse.

Bem, as coisas não saíram bem como o planejado... Quando chegamos no ponto do vaporetto que ia para a Piazza San Marco, ficamos bem assustados com o tamanho das filas para esse meio de transporte. Nossa intenção era ganhar tempo indo de vaporetto, mas pelo visto perderíamos tempo! Resolvemos então começar o dia passeando a pé pelas ruas de Veneza. E foi a melhor coisa que fizemos! Vimos muita coisa bonita, diferente e conhecemos toda a cidade.

Ponte delle Guglie. Arredores de Cannaregio.    Ponte delle Guglie. Arredores de Cannaregio.

 

Durante todo o passeio, cruzamos canais e as pontes sobre eles dão todo um charme à cidade.

Arredores de Cannaregio.

 

Todas as construções são bem antigas, algumas bem conservadas, outras nem tanto. Mesmo assim, são edifícios belíssimos.

Arredores de Veneza em foco...     Que coragem cruzar o Canal Grande de caiaque...

Igreja Santa Maria dei Miracoli, Cannaregio. Uma obra-prima do início do Renascimento, sua fachada é decorada com mármores de várias tonalidades (rosa, branco e cinza) e delicados baixo-relevos e esculturas.     Scuola Grande di San Marco e Igreja Santi Giovanni e Paolo, Castello.

 

E não faltam flores nas sacadas para dar cor à vida veneziana. Fiquei apaixonada pelo colorido das flores.

Outra coisa interessante em Veneza é olhar pra cima. Muitos prédios charmosos com essas flores na janela... Arredores de Cannaregio.     Arredores de Veneza em foco...

Arredores de San Polo     Arredores de Santa Croce

 

O que não falta por aqui são patisseries e suas vitrines belíssimas, com todo o tipo de pão doce e salgado que se puder imaginar. Outro tipo de comida super interessante e que nos deixou loucos era a pizza de balcão, dobrada. Uma delícia!!! Pergunta se eu resisti a toda essa comilança? Claro que não! :)

Iniciando os trabalhos: croissant de chocolate. Hummmm estava delicioso e com muito recheio! Arredores de Cannaregio.     Eu de novo, comendo, agora um pão com frutas cristalizadas...

Pizza dobrada...

 

Depois de explorar todo o bairro de Cannaregio, fizemos o tão esperado passeio de Gôndola! Foi super divertido e relaxante! O que mais ouvi antes de viajar era sobre o passeio de gôndola ser algo turístico, caro e sem graça... Não é bem assim. Sim, é caro, e por causa disso só os turistas encaram; e não é sem graça, é divertido! E é uma ótima oportunidade para descansar o corpo ;-) O passeio durou cerca de 40 minutos.

Foi nessa gôndola que fizemos o passeio, que foi super divertido e romântico. Arredores de Cannaregio.     E começa o nosso passeio de Gôndola! Ai que romântico!

Nós e o gondoleiro...     Amor de Mel e Leo na Gôndola, ai que lindo!

 

Uma opção bem barata à gôndola e ao vaporetto, são os traguetti (= gôndola compartilhada), meio de transporte público (1 euro por pessoa), com pontos certos e que te levam a qualquer parte de Veneza ao longo do Grande Canal. Costuma ficar cheio e nem sempre é garantido sentar (imagina andar numa gôndola em pé...).

Isso é um Traghetto, uma gôndola com vários passageiros, alguns sentados outros em pé... dá para encarar?!

 

Descansados, continuamos nossa caminhada para alcançar nosso objetivo, a Piazza San Marco. E não tardamos a encontrá-la. Por lá visitamos a Basílica di San Marco, o Campanário e o Palazzo Ducale. Foi aí que precisamos ter muita paciência. A cidade estava muito cheia e para visitar esses pontos turísticos precisamos enfrentar filas grandes.

Olha a fila que encaramos para entrar na Basílica di San Marco, San Marco.

 

Houve um momento que eu não sabia se tinha mais pombos, cachorros, crianças ou pais gritandos com as crianças! Foi muito chato andar pela cidade em fila indiana, e confesso que isso nos deixou muito cansados. E de romântico não tinha nada (rs). Mas conseguimos vencer esse mal estar e desfrutamos da parte bela da cidade.

Basílica di San Marco, San Marco.   Campanário, Piazza San Marco. Do alto desta torre é possível avistar toda a Veneza e a lagoa. É a torre mais alta da cidade com 98,5m de altura.   Vista lateral do Palazzo Ducale, Piazza San Marco

 

Nossa, como andamos hoje. Fomos e voltamos a pé. Estávamos exaustos! E para relaxar, nada como um bom vinho e uma cerveja gelada no jantar! Depois, dormimos com os anjinhos :-)

Eu fui de cerveja e o Leo de vinho ;-)

 

E assim acabou nosso quinto dia de lua de mel: cansados, sonolentos e claro, apaixonados em Veneza!

Nenhum comentário:

Postar um comentário