segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Praia do Forte, BA – Dia 1

Praia do Forte (25-30/12)
Dia 1 (segunda, 26 de dezembro de 2011) – Só deu praia (Aquário)

Resumo Informativo de Viagem

Álbum de Fotos Praia do Forte, BA

Como esta é uma viagem exclusivamente de férias para fins de descanso, não usamos o despertador para acordar. Levantamos às 8h e o sol já brilhava forte, tendo como pano de fundo um límpido céu azul. Esfomeados, tomamos o café da manhã no hotel, que era farto e saboroso, num agradável ambiente, limpo e arejado – volta e meia os passarinhos se aproximavam das mesas.

Após o café, fomos andando para a praia – aqui em Praia do Forte faz-se tudo a pé, não precisa de carro pra nada; a caminhada foi providencial para o meu inchaço de gravidez (e para as calorias baianas que serão ingeridas).

Caminhando pela praia em direção ao Aquário, onde estão as piscinas naturais formadas entre os corais durante a maré baixa.   Companheiro de caminhada... quando tentamos nos aproximar... ele foge no sentido oposto.

 

Chegamos na praia exatamente na maré baixa, por volta de 10:30h (*), e acho que já foi bem tarde para o nosso tipo de pele. Por isso aproveitamos pouco o sol, e o pouco que aproveitamos foi suficiente para queimar o único lugar que não passei o filtro solar: o pé! Agora os pés estão inchados e vermelhos (rs) (**).

   Águas claras e mornas, tem banho de mar melhor do que esse?

 

(*) Só é possível tirar proveito das piscinas naturais da praia quando a maré está baixa, por isso é preciso saber que horas ela baixa. Se chegar com ela cheia, não dá para aproveitar muito, por causa das ondas e corais. A dica é perguntar no hotel os horários da maré baixa.

(**) Cuidado com a brisa e a água morninha que nos engana enquanto o sol está queimando a pele. Passe o filtro solar antes de chegar na praia, para que ele seja mais eficiente. Depois, a cada mergulho, repita o filtro solar. Todo cuidado é pouco, pois como se chega na praia um pouco tarde esperando a maré baixar, a gente esquece que não é tão cedo assim. E embaixo da água, o sol queima sim!

Ficamos na parte da praia chamada Aquário, logo após o Projeto Tamar. Lá, tivemos a experiência de mergulhar em piscinas naturais formadas entre os corais durante a maré baixa. Nesta parte da praia, a estrutura é mediana, onde contamos com cadeiras, guarda-sol e bebidas. É proibida a venda de comida, para conservação e limpeza da praia(eu achei ótimo!), e apenas pessoas autorizadas pela prefeitura circulam pela praia vendendo algum tipo de alimento (picolé, queijo, empada, etc.) (***).

Na praia, na parte do Aquário, estrutura mediana: cadeiras, guarda-sol e bebidas. A venda de comida é proibida, e apenas "ambulantes" autorizados pela prefeitura passam vendendo queijs, picolés, empadas...

 

(***) Se quiser ficar mais tempo na praia e aproveitar o dia com mais tranquilidade em relação à fome, é recomendável levar frutas, sanduíches e biscoitos.

No primeiro sintoma de fome - o que não deveria ter acontecido - fomos embora da praia em busca de um lugar para almoçar; tivemos que voltar para o Centro de Praia do Forte. Nosso primeiro almoço foi um fiasco! Além de sermos mal atendidos, a comida demorou mais de uma hora, não era bem servida (como dizia o cardápio) nem saborosa. Não recomendo o restaurante Casa da Nati!

Que peixe pra dois que serve três é esse? :-\

 

Depois do almoço, voltamos para o hotel e descansamos à beira da piscina enquanto Bela brincava.

No fim do dia, passeamos pelo Centro, fizemos umas comprinhas e jantamos. Eu comi um acarajé completo em uma das várias barraquinhas existentes na avenida principal, e o Leo e Bela comeram pastel e sanduíche no It´s Lanches. Os pasteis são DE-LI-CI-O-SOS! Recomendo!

A família

Nossa, praia cansa né? Vamos dormir?

2 comentários:

  1. Por favor , voce pode me dar uma informação?

    No aeroporto de salvador tem onibus com destino a Praia do Forte? Como fazer para chegar ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sonia, não sei te dizer se há ônibus do aeroporto à Praia do Forte. Eu usei o translado do Hotel em que me hospedei, que oferecia esse serviço. Pesquisei translado por fora, e era mais caro.
      Abs e Boa viagem!

      Excluir